Considerada uma das melhores cachaças do Brasil, a artesanal cachaça Vale Verde é produzida no alambique do Parque Ecológico, localizado em Betim, a 42 km da capital. No local, considerado um dos melhores empreendimentos turísticos para se visitar no entorno de Belo Horizonte, o visitante pode acompanhar de perto todo o processo de produção da cachaça, desde a colheita até o momento de engarrafar a bebida.
A Vale Verde foi premiada pela terceira vez consecutiva, na Revista Playboy de 2011 como a melhor cachaça extra premium do Brasil, e pelo Prêmio Cachaça Masters 2010, da revista inglesa The Spirit Business, sendo medalhista de ouro nas categorias envelhecida, com a Vale Verde Extra Premium, e não envelhecida, com a Minha Deusa. Além disso a Vale Verde conta aindo com os produtos: Licor do Mestre, Gelatina de Cachaça, Vale Verde Edição Presente e vale Verde 12 Anos. PARA CONHECER MAIS SOBRE OS NOSSO PRODUTOS VISITE O NOSSO SITE.


Visite nosso site: www.cachacavaleverde.com.br

TERÇA, 12 DE NOVEMBRO DE 2013

Curiosidades sobre o envelhecimento da Cachaça Vale Verde

Sinônimo de qualidade, sabor e aroma a Cachaça Vale Verde se diferencia de diversos tipos de bebidas já na sua produção. O “Envelhecimento” é mais uma etapa desse processo, mas não menos importante.

Você certamente já se deparou com inúmeras garrafas de cachaça de coloração amarelada, mas que não levam a identificação envelhecida no rótulo. A razão é simples! Este envelhecimento deve ser de, no mínimo, um ano, em barricas de madeiras aprovadas para este fim, com capacidade máxima para abrigar 700 litros de cachaça e o descumprimento dessas normas impedirá que o produtor qualifique sua cachaça como Premium (período a partir de ano) ou Extra Premium (período a partir de três anos).

Diferente de outras famosas bebidas normalmente envelhecidas em barris de carvalho, a cachaça apresenta um diferencial competitivo importante, pois é a única bebida que utiliza diferentes tipos de madeira no seu processo de envelhecimento.
 
Envelhecida durante três anos em barris de carvalho, a Vale Verde utiliza essa madeira europeia, para dar à cachaça a coloração amarelada e sabor suave que conquistou a preferência dos mais exigentes apreciadores dessa bebida.
 
Cada madeira agrega à cachaça sabor, aroma e cores diferentes evidenciando ainda mais as características do produto final. Algumas madeiras, porém, apenas “assentam” a acidez da cachaça e não interferem na sua cor nem no seu sabor, como é o caso da grápia, madeira utilizada no processo de produção da cachaça Minha Deusa.
 
Cachaça Vale Verde, É mais que envelhecida, É Extra Premium!

 

 
©2012 CACHAÇA VALE VERDE. Todos os direitos reservados.